Tarefa 7. O punk está aí: disseminação de resultados

Holidays In The Sun

12 Tarefa 7

Propriedade: Peter Machado

Na medida em que o principal objetivo da divulgação do KISMIF passa por generalizar os conhecimentos obtidos durante a investigação, é de extrema importância apresentar e potenciar a discussão das questões levantadas, criando uma maior consciência entre o público. A pretensão subjacente a tais ações é o desenvolvimento do conhecimento para a sociedade em geral, a fim de reduzir o fosso entre o conhecimento e as pessoas. Para atender a esta expectativa, a estratégia de divulgação do KISMIF será operacionalizada através da organização de vários eventos de exposição e discussão:

– Criação de uma plataforma de conhecimento de base digital, que permitirá o acesso gratuito ao banco de dados e arquivo da investigação, integrando ainda um fórum de discussão para académicos e outros interessados no tema, com ligações entre o KISMIF e outros projetos e trabalhos de investigação de âmbito internacional, assim como a disponibilização de informações complementares relevantes.

– Apresentação do trabalho em diversas escolas, proporcionando um momento de divulgação do KISMIF e uma introdução às ciências sociais.

– Publicação de dois livros que integrarão as contribuições de diversas áreas de saber que vão da Sociologia à Antropologia, passando pela História, Sociopsicologia, Design e Estética. Este é um momento importante, pois permitirá o acesso ao trabalho do KISMIF, tanto a académicos como a não académicos.

– Organização de um congresso internacional de Sociologia sobre manifestações culturais e musicais urbanas, com o intuito de complementar a divulgação do trabalho realizado, dando-lhe uma dimensão internacional, que é hoje fundamental, através do convite a investigadores proeminentes do campo para apresentarem as suas mais recentes pesquisas de terreno, quer estejam já concluídas ou ainda em curso.

– Produção de um documentário sobre as manifestações sócio-musicais punk em Portugal, desde 1977 até à atualidade. O documentário terá como base os documentos recolhidos e arquivados ao longo da investigação, bem como nos resultados do trabalho de terreno do KISMIF. Dada a obscuridade das manifestações punk rock, tanto para investigadores como para público em geral, quer em Portugal como no mundo, consideramos que a utilização da fotografia e de outros recursos visuais permitirá uma ilustração mais eficaz e atrativa da nossa pesquisa, na medida e que as manifestações culturais como o punk rock congregam sempre uma importante e decisiva componente imagética.

Share