Author Archives: Keep it Simple, Make it Fast!

KISMIF International Conference: Full Papers Guidelines

KISMIF International Conference – Full Papers Guidelines.pdf by kismif

KISMIF International Conference: Full Papers Guidelines

KISMIF International Conference – Full Papers Guidelines.pdf by kismif

Catálogo “MATTER, ANTIMATTER and FRAGMENTS : a bibliographic and iconographic exhibition” disponível online

MATTER, ANTIMATTER and FRAGMENTS_ a bibliographic and iconographic exhibition.pdf by kismif

Catálogo “MATTER, ANTIMATTER and FRAGMENTS : a bibliographic and iconographic exhibition” disponível online

MATTER, ANTIMATTER and FRAGMENTS_ a bibliographic and iconographic exhibition.pdf by kismif

Advanced Seminar

14-16 Julho 2014 Faculdade de Letras/ Universidade do Porto/ Porto, Portugal   Coordenadores Andy Bennett | Paula Guerra Comissão Científica Andy Bennett | Augusto Santos Silva | Paula Abreu | Paula Guerra | Rui Telmo Gomes | Will Straw Principais

Advanced Seminar

14-16 Julho 2014 Faculdade de Letras/ Universidade do Porto/ Porto, Portugal   Coordenadores Andy Bennett | Paula Guerra Comissão Científica Andy Bennett | Augusto Santos Silva | Paula Abreu | Paula Guerra | Rui Telmo Gomes | Will Straw Principais

KISMIF International Conference: atualização

Resumos: versão final Com o intuito de publicar o Programa do Congresso, é necessária uma revisão dos resumos submetidos e aprovados. Se pretende efetuar alguma mudança no seu resumo, terá que o fazer até domingo, dia 20 Abril 2014, e

KISMIF International Conference: atualização

Resumos: versão final Com o intuito de publicar o Programa do Congresso, é necessária uma revisão dos resumos submetidos e aprovados. Se pretende efetuar alguma mudança no seu resumo, terá que o fazer até domingo, dia 20 Abril 2014, e

Punk Comix

Intro Este artigo pretende fazer uma análise da forma como o punk é tratado na Banda Desenhada portuguesa e o que conta a Banda Desenhada portuguesa sobre o punk em Portugal. Resulta de uma colaboração com o projeto KISMIF enquanto

Punk Comix

Intro Este artigo pretende fazer uma análise da forma como o punk é tratado na Banda Desenhada portuguesa e o que conta a Banda Desenhada portuguesa sobre o punk em Portugal. Resulta de uma colaboração com o projeto KISMIF enquanto

30 Anos de Agitprop: A Representação da Política ‘Extrema’ no Design Gráfico de Música Punk e Pós-Punk no Reino Unido de 1978 a 2008

          Esta investigação analisa a disseminação de conteúdo político e ideológico através do design gráfico de bandas associadas com o punk e pós-punk. Foca particularmente o movimento anarco-punk e a cena neo-fascista no Reino Unido entre 1978 e 2008.

30 Anos de Agitprop: A Representação da Política ‘Extrema’ no Design Gráfico de Música Punk e Pós-Punk no Reino Unido de 1978 a 2008

          Esta investigação analisa a disseminação de conteúdo político e ideológico através do design gráfico de bandas associadas com o punk e pós-punk. Foca particularmente o movimento anarco-punk e a cena neo-fascista no Reino Unido entre 1978 e 2008.

Bad Kids. Para uma compreensão dos universos simbólicos e materiais de existência: referências punk na cidade do Porto

O punk, apesar de ter sido declarado morto pouco depois de ter nascido, não deixou de provocar efeitos importantes nas vidas dos indivíduos ao longo dos últimos 30 anos. Assim, grupos punk têm continuado a surgir e o entendimento desta

Bad Kids. Para uma compreensão dos universos simbólicos e materiais de existência: referências punk na cidade do Porto

O punk, apesar de ter sido declarado morto pouco depois de ter nascido, não deixou de provocar efeitos importantes nas vidas dos indivíduos ao longo dos últimos 30 anos. Assim, grupos punk têm continuado a surgir e o entendimento desta

Proto-punk. Uma introspeção pessoal.

Jornalistas e críticos de música começaram a rotular as bandas prévias ao boom do punk rock como proto-punk. O termo dispensa grandes definições e integra todas as bandas não-convencionais de rock’n’roll, das mais rebeldes às mais cruas – todas fazem

Proto-punk. Uma introspeção pessoal.

Jornalistas e críticos de música começaram a rotular as bandas prévias ao boom do punk rock como proto-punk. O termo dispensa grandes definições e integra todas as bandas não-convencionais de rock’n’roll, das mais rebeldes às mais cruas – todas fazem

Revolução punk: no feelings, no fun, no future

Em termos de ideário, e no contexto inglês, o punk assume-se como um movimento contestatário nas dimensões artística, económica e social. Contextualiza-se num período de forte crise económica e reclama uma pertença aos indivíduos marginalizados pela sociedade vigente. O diletantismo

Revolução punk: no feelings, no fun, no future

Em termos de ideário, e no contexto inglês, o punk assume-se como um movimento contestatário nas dimensões artística, económica e social. Contextualiza-se num período de forte crise económica e reclama uma pertença aos indivíduos marginalizados pela sociedade vigente. O diletantismo