Manuel Loff

BIOManuelLoff

Investigador

Porto, Portugal

Formação

Instituto Universitário Europeu (Florença). Doutoramento em História e Civilização.

Universidad Nacional de Educación a Distancia (Madrid). Mestrado em História Ibérica Contemporânea.

Universidade do Porto (UP). Faculdade de Letras (FLUP). Licenciatura em História.

Trabalho atual

Professor Associado. Faculdade de Letras (FLUP). Universidade do Porto.

Investigador do Instituto de História Contemporânea (IHC). Universidade Nova de Lisboa (UNL).

Investigador responsável do Projeto de investigação Estado e memória: políticas públicas da memória da ditadura portuguesa (1974-2009), (PTDC/HIS-HIS/121001/2010).

Interesses

História política comparada, história contemporânea, salazarismo, memória, Estado Novo.

Keep it Simple, Make it Fast!

Zeca Afonso – Cantigas do Maio (1971) | GNR – Independança (1982) | José Mário Branco – Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades (1971)

Pertença KISMIF

Procura de um paradigma interpretativo atual acerca das culturas musicais juvenis urbanas.

Foco na história contemporânea das subculturas juvenis.

Desenvolvimento de uma comparação internacional no âmbito das culturas juvenis e cenas musicais que inclua a Europa do Sul, designadamente Portugal.

Linhas de Investigação KISMIF

Punk e teoria social.

Punk, historicidade e genealogia.

Publicações

LOFF, Manuel (2008) – O nosso século é fascista! O mundo visto por Salazar e Franco (1936-1945). Prior Velho: Campo das Letras. ISBN 9789896252564.

PEREIRA, Maria da Conceição Meireles; LOFF, Manuel (2006) – Portugal: 30 anos de democracia (1974-2004). Porto: Universidade do Porto. ISBN 9789728025472.

LOFF, Manuel (2007) – Marcelismo e ruptura democrática no contexto da transformação social portuguesa dos anos 1960 e 1970. Espacio, Tiempo y Forma, Serie V, Historia Contemporánea. Vol. 19, p. 145-184. ISSN 1130-0124.

Contatos

mloff@letras.up.pt

Site

 

Share