Andy Bennett

BIOAndyBennett

Investigador

Gold Coast, Queensland, Austrália

Formação

Pós-graduação em Ensino Superior (PGCHE). Universidade de Kent.

Doutoramento em Sociologia (Bolsa da ESRC). Universidade de Durham.

Mestrado em Serviço Social (com distinção) /Certificado de Capacitação em Serviço Social. Universidade de Hull.

Licenciatura em Serviço Social. Faculdade de Ensino Superior de Humberside. Kingston Upon Hull.

Trabalho atual

Diretor do Griffith Centre for Cultural Research (GCCR). Universidade de Griffith (UG).

Professor da School of Humanities. Universidade de Griffith (UG).

Editor Chefe do Journal of Sociology (revista official TASA) entre 2009 e 2012.

Membro do quadro editorial da Cultural Sociology.

Membro do quadro editorial do Journal of Youth Studies.

Membro do quadro editorial da Continuum.

Membro do quadro editorial da Sociology Compass.

Membro do quadro editorial da Perfect Beat.

Membro do quadro editorial do Canadian Journal of Popular Culture.

Interesses de investigação

Música popular, cultura juvenil, identidade e modos de vida, teoria pós-subcultural, sociologia cultural do quotidiano e metodologia etnográfica.

Keep it simple, make it fast!

Brian Eno – Music for Airports (1978) | The Beatles – Abbey Road (1969) | Rush – Moving Pictures (1981).

Pertença KISMIF

Desenvolvimento de investigação similar em contexto anglo-saxónico.

Interesse científico específico na singularidade da cultura punk e sua importância na interpretação das culturas juvenis contemporâneas.

Desenvolvimento de uma comparação internacional no âmbito das culturas juvenis e cenas musicais que inclua a Europa do Sul, designadamente Portugal.

Linhas de investigação KISMIF

Punk e teoria social.

Punk, historicidade e genealogia.

Punk, envelhecimento e género.

Trajetos, percursos e atores punk: a constituição de cenas atuais.

Punk, herança, memórias e artefactos.

Punk e redes sociais.

Carreiras DIY: percursos profissionais e sociais.

Punk, estilo, estética e corporalidade.

Mercados, margens, memorabilia e retromania.

Criação artística e cenas musicais underground.

Novas dinâmicas de inclusão social através de práticas DIY.

Publicações

BENNETT, Andy (2013) – Music, style and aging: growing old disgracefully? Philadelphia: Temple University Press. ISBN 978-1-43990-809-9.

WESTON, Donna; BENNETT, Andy (eds.) (2013) – Pop pagans: paganism and popular music. London: Equinox. ISBN 978-1844656479.

BAKER, Sarah; BENNETT, Andy; TAYLOR, Jodie (eds.) (2013) – Redefining mainstream popular music. New York: Routledge. ISBN 978-0-415-80782-1.

BENNETT, Andy; HODKINSON, Paul (eds.) (2012) – Ageing and youth cultures: music, style and identity. Oxford: Berg. ISBN 978-1847888358.

BENNETT, Andy; Stratton, Jon (eds.) (2010) – Britpop and the English Music Tradition. Aldershot: Ashgate. ISBN 9781409409328.

BENNETT, Andy (2005) – Culture and everyday life. London: Sage. ISBN 0-7619-6390-1.

BENNETT, Andy; PETERSON, Richard (2004) – Music scenes: local, translocal and virtual. EUA: Vanderbilt University Press. ISBN 0-8265-1451.

Contatos

a.bennett@griffith.edu.au

Site

http://www.griffith.edu.au/professional-page/andy-bennett

Share